Vereador busca apoio de entidades para aprovação de Projeto

Na manhã desta terça-feira (13), o vereador Rodrigão (SD) se reuniu representantes da Associação de Mãe Especiais de Rolândia (AMARE) e também da Associação Mundo Animal de Rolândia (AMAR), para pedir apoio em seu Projeto de Lei Ordinária que proíbe o manuseio, utilização, queima e soltura de fogos de artifício e artefatos pirotécnicos que causem efeito sonoro ruidoso em Rolândia.

O projeto foi apresentado para primeira discussão e votação nesta última segunda-feira (12), durante a 21º Sessão Ordinária. Reginaldo Silva (SD) pediu vista só projeto para que possa melhor apreciação, em sendo assim, o Projeto de Lei nº foi retirado de pauta.

Durante a reunião, Rodrigão buscou mais apoio destas entidades, para que seu projeto ganhe força e representatividade. O parlamentar – que também atendeu a imprensa regional – explica que é importante que mais entidades participem e ajudem que a lei entre em vigor na cidade.

Algumas pessoas me procuraram e disseram que o projeto não seria viável, porém recebo apoio de muitos pais, principalmente quem têm filhos com autismo e também os cuidadores de animais e até aquelas entidades que cuidam de pessoas idosas, ou seja, a maioria é favorável e desejamos buscar mais apoio ainda”, explica Rodrigão. 

Caso o projeto seja aprovado, ficam permitidos apenas os fogos de efeito luminoso e visual ou os similares de ruído menor de 85 decibéis e o descumprimento da lei, gera multa.

Para a presidente da AMAR, Regina Cabral, a iniciativa do vereador é louvável. “Muitos animais sofrem com a queima destes fogos em datas comemorativas. Muitos se mutilam e até morrem, por isso, defendemos a aprovação do projeto e que se torne lei o quanto antes”, defende.

Não há previsão ainda para a tramitação da matéria

Assessoria Comunicação Social