Rolandenses premiados no OBA

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Rolandenses premiados no OBA

    Entre os alunos rolandenses da rede municipal de ensino que fizeram a prova da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), oito se destacaram e tiveram o desempenho premiado com certificados e medalhas. 

    Três alunos do Vitório Franklin, todos com 10 anos, foram medalhistas. João Gabriel Forgerini do 5ºA recebeu medalha de prata, Felipe Jaques e Gabriel Feltrin do 5ºD receberam a medalha de bronze. “Nossa escola já participa desse projeto há mais de 10 anos, com ótimos resultados”, comemorou a diretora Andréia Sanches Ramos.

    Da Escola Monteiro Lobato, Gabrielli da Cruz Januário (10) e Vinícius Ferreira da Silva (11) do 5º ano foram bronze. Os responsáveis pelos medalhistas são a professora Elessandra Góes, além da pedagoga Vanessa Balsan e o diretor Victor Hugo Pascolatti. Na Sebastião Feltrin, o aluno Guilherme H. Croti da Silva (10), do 4º ano, também foi medalha de bronze. 

    Na Escola Parigot de Souza, a aluna Isabella Grecco Anesi, de 10 anos, conquistou a medalha de bronze. Ela é aluna do 5º ano A, da professora Valéria Marques Bárbara. A Escola Maria do Carmo Campos também teve um medalhista: Rafael Afonso Ferreira de Lima, de 10 anos, conseguiu a medalha de prata. Ele é aluno da professora Sandra Alves da Silva. 

    A OBA é aplicada por uma parceria das escolas com a Universidade do Rio de Janeiro, como forma de promover a melhor apropriação dos conteúdos de Astronomia. A medalha de ouro premia as melhores notas do Brasil, de prata vai para os alunos com a segunda melhor nota e o bronze é entregue a todos que atingiram a terceira melhor nota. A prova foi aplicada simultaneamente em 17 de maio nas escolas.  

    O conteúdo é trabalhado pelas professoras e a prova é desenvolvida pela universidade e encaminhada para as escolas. Após a correção com o gabarito da OBA, feita pelas escolas, as provas são encaminhadas à organização, que analisa e envia certificados de participação e as medalhas para as notas mais altas. 

Fonte: Jornal de Rolândia

O Portal Rolândia é um Agregador de notícias. Não criamos as matérias aqui veiculadas.