É campeão! NAC vence Independente nos pênaltis

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

É campeão! NAC vence Independente nos pênaltis

   Foi uma verdadeira decisão, com todos os elementos de uma grande partida de futebol. No final, o Nacional de Rolândia sagrou-se campeão da Taça FPF 21019 ao vencer, nos pênaltis, a equipe do Independente São Joseense na tarde deste domingo (13). Com o título, o NAC também ganha uma vaga para a Série D do Brasileiro 2020.


A partida
   O jogo se mostrou nervoso desde o início e o lateral-esquerdo Thomas Anderson, do Nacional, sofreu uma entrada forte de um jogador do São José e chegou a ficar desacordado. A ambulância teve que entrar em campo e levou o jogador até o Hospital São Paulo. Tinham sido jogados apenas 5 minutos. A partida ficou paralisada por meia hora, até que a ambulância retornou ao estádio Erich Georg.

Confusão
   O jogo retornou e o São José teve algumas chances, principalmente nas bolas altas. E foi dessa maneira que o time visitante inaugurou o placar, depois da cobrança de um escanteio, com o atacante Lucas aos 36 minutos. O gol mexeu com o time do Nacional que passou a atacar mais. O problema foi uma confusão que começou depois de uma falta em Leonardo, do Independente. Com os nervos à flor da pele, alguns atletas do NAC foram para cima do jogador caído e houve um início de briga.
   O árbitro Leonardo Sígari Zanon, de Londrina, expulsou Elionay e o próprio Leonardo. Na sequência, nova confusão, ainda maior, que teve entrada da polícia e mais expulsões: além de Eleonay, o juiz mandou embora JP, Elonay e Igor (que estava no banco). Mandou, ainda, os atacantes Gustavo e Paulo e o goleiro reserva, todos do Independente, para o chuveiro. O primeiro tempo terminou 1 a 0 e com oito jogadores de cada lado.
   Na segunda etapa, o Nacional pressionou o São José e empatou aos 10 minutos: o volante Leandro roubou a bola no meio-campo, entrou na área e tocou na saída do goleiro adversário. A bola ainda tocou em um jogador do São José, mas entrou. Festa da torcida do NAC – havia mais de 700 pessoas no campo. O Independente foi à frente e teve um pênalti a seu favor marcado aos 18 minutos: 2 a 1. O Nacional ainda teve boas chances e um gol anulado, do zagueiro Matheus. O jogo foi até os 48 minutos, mas o título seria decidido nos pênaltis.

A decisão
   A decisão começou nervosa e o Nacional foi o primeiro a bater. O zagueiro Matheus bateu forte, mas muito embaixo da bola e isolou. Silêncio nas arquibancadas, mas que logo se transformaram em gritos de incentivo ao goleiro Thiago, que iria se tornar o herói do jogo. O goleiro rolandense pegou seu primeiro pênalti, para festa da torcida.
   Na sequência, Caíque converteu sua cobrança com muita personalidade: foi caminhando para a bola e a colocou no ângulo. NAC 1 a 0 nos pênaltis. O São Joseense também converteu e empatou a decisão. Na sequência, o zagueiro Igor também cobrou bem, no canto oposto do goleiro adversário e fez 2 a 1 para o Nacional.
   A partir daí, só deu o goleiro rolandense Thiago. O arqueiro defendeu novamente no canto direito e deixou o Guerreiro do Norte em vantagem. Ele mesmo cobrou a quarta penalidade e converteu, fazendo 3 a 1. Chegou a comemorar a classificação, mas foi lembrado que o Independente ainda tinha chances matemáticas de empatar. Mas o jogador do São José cobrou para fora e o goleiro correu para a torcida, junto com os outros jogadores. Não houve necessidade da quinta cobrança.

Palavras
   “Eu falei para meus companheiros, que se fosse para os pênaltis que poderiam deixar comigo”, afirmou Thiago à reportagem do JR, logo após festejar com a torcida do NAC. O atleta também recebeu o troféu de melhor goleiro da competição.
   O técnico Rafael Andrade também se emocionou ao falar do título conquistado. O treinador lembrou da perda da mãe, há três meses, e ofereceu o título a ela. “Essa meninada e essa comissão técnica estão de parabéns”, comemorou.
   O diretor de futebol, José Danilson, também comemorou e foi muito comemorado pelos torcedores do Nacional. “Parabéns a esses torcedores que apoiaram o time nessa bela conquista”, resumiu o diretor.

Fonte: Jornal de Rolândia

O Portal Rolândia é um Agregador de notícias. Não criamos as matérias aqui veiculadas.