Redes Sociais

Junio Depieri

Segurança no Trabalho

Reforma Trabalhista e Previdenciária x Acidente e Doença do Trabalho

postado em 08/12/2017 14:02:48

As questões trabalhistas e previdenciárias estão sofrendo diversas mudanças nos últimos dias em nosso querido Brasil.

Temos percebido diariamente quando estamos realizando nossos serviços juntos às empresas de diversos setores, que a uma intensa discussão e falta de compreensão por parte de empregadores e empregados do verdadeiro teor dessas referidas mudanças.

Como profissionais da área de no cumprimento da nossa missão: “Oferecer Serviços Excelentes em Matéria de Segurança e Medicina do Trabalho” a DEPIERI SEGURANÇA DO TRABALHO, tem levado de forma mais clara e especifica os impactos que essas mudanças vão causar na “SEGURANÇA E SAÚDE DO TRABALHO” em nosso País.

As estatísticas demonstram cerca de 700 mil acidentes graves com afastamento do trabalho, 15 mil sequelados com afastamento definitivo do trabalho, 3 mil mortes e R$ 70 bilhões de prejuízos econômicos a cada ano.

Estes números acidentários indicam que segurança e saúde no trabalho não podem ser tratadas como moeda de troca nas decisões políticas e nas relações de trabalho. A solução desta situação deve passar por legislação objetiva, harmonizada por atitudes integradas do governo, empregadores e trabalhadores, com investimento, comprometimento e informação.

Questionamos a priorização da anunciada reforma trabalhista em um momento de grave crise econômica e de desemprego, neste momento com a correlação de forças: de um lado a fragilidade por parte dos trabalhadores, de outro as representações de empregadores e políticos, com clara evidências de retrocesso dos direitos, piorando o que já estava ruim na qualidade de vida no trabalho.

Nota-se ainda que o aumento do “FATOR PREVIDENCIÁRIO” vai prejudicar os trabalhadores que terão que contribuir com a previdência social por muito mais tempo e com uma somatória de valor bem mais elevado, se quiserem se aposentar.

Diante do cenário nacional, resta a empregador e empregados, trabalharem juntos para que os ambientes de trabalhos sejam cada vez mais SEGUROS, SAUDÁVEIS e livres de ACIDENTES e DOENÇAS. Assim e, somente assim teremos saúde suficiente para enfrentar tempos mais difíceis que virão na relação trabalhista e previdenciária no Brasil.

Fonte: www.depieriseguranca.com.br

« Voltar

Anteriores