Redes Sociais

Carlos Harfuch

Política e Economia

Reverdecer

postado em 30/11/2015 08:09:13

Quando, pelas pontes do íntimo profundo, fomos convocados para construir um projeto de civilizações para o Novo Mundo era o século XIII.

         Desde os primeiros preparativos até a consecução da Escola de “Sagrê”, três etapas foram vencidas.

         No século XVIII, ainda em Imortal Espírito de mim mesmo, aportei aqui pela primeira vez. Entrei via mar profundo através do que é hoje a cidade de Santos.

         A ordem taxativa que recebemos das potencias estelares é que o Brasil deveria ser talhado de forma diferente de todos os outros projetos, idos e vindos, por nós construídos.

         Nem Atlântida, nem Pérsia, nem China, nem Grécia, Roma, Índia, Fenícia ou Egito, além dos mongóis, árabes, judeus ou arianos, poderia ser parâmetro para esse novo projeto de civilização.

         Nem mesmo as colônias do Norte que hoje formam Estados Unidos e Canadá podem se equiparar ao zelo do projeto que está riscado e fincado no que é hoje o Brasil.

         De qualquer forma quem aqui aportou sem mesmo saber como nem porque, trouxe consigo os genes da corrupção ego-personalística enterrada e vinculada a passados próximos e distantes enegrecidos em suas próprias raízes matriciais de personas desenganadas e miseráveis de si mesmas. Por isso mesmo, quando aqui cheguei, já havia no ar o cinzento brumoso dos mundos antigos e menos antigos, que construíram o Brasil de hoje.

         Quando, em nossas idas e vindas, ainda em Europa, construímos as bases do capitalismo europeu, sabíamos que era um mal menor diante do feudalismo.

Carlos Harfuch – 2015 Primavera

- Carlos Harfuch é idealizador do projeto "Política com Ética",  confira seu trabalho em www.politicacometica.com.br.

« Voltar

Anteriores