Redes Sociais

Carlos Harfuch

Política e Economia

Cavalo Negro

postado em 10/05/2017 08:44:34

É gruta, abaixo trevas profundas, mais se parece um leprosário dos tempos romanos.

É íngreme a subida, faz parecer impossível escalar.

Lá, ao alto, o cavalo negro relincha, dá pinotes, como a convidar aos miseráveis da escura gruta a tentar subir.

O cavalo negro é majestoso, sequer rebaixa sua majestade, apenas convida, sem se envolver.

 

Cavalo negro!

Alguns procuram escalar, outros baixam ainda mais e se aprofundam até que a profunda escuridão envolva completamente aqueles que, no mergulho insano de si mesmos, robustecem um desejo incontido de destruir egos inflados.

 

Cavalo Negro!

Quanto mais profundo alguns descem e conhecem suas próprias íntimas negras trevas, uma luz rebate suas intimidades.

 

Cavalo Negro!

Há luz nas trevas?

 

Cavalo Negro!

Lá está ele a esperar aos que coragem têm de enfrentar suas íntimas negras trevas, olharem-se como são a implorar luz e redenção.

Cavalo Negro!

Luz poderosa de um negro não mais existente, asas nevadas, a encetar retorno à gênese virginal! 

Carlos Harfuch – 2017 outono

 

« Voltar

Anteriores